Água de coco

Solzinho de 20 graus lá fora, pinguim Dino sugere ao papagaio Dan:

Dino: Dan, vamos tomar água de coco?
Dan: Hummm, demorou! Bora!

E foram…
Dan: Cadê a barraquinha, canudinhos, o moço com o facão?

Dino: Credo, moço com o facão? Que filme de terror é esse? Vamos comprar aqui no supermercado, rapidinho sem sangue!

Dan: xiiii, supermercado, é? Sei!

Dino: Aqui: um pra mim e outro pra ti!

Dan: Tá, coco seco também tá valendo comprar pra gente raspar e comer com açúcar, mas cadê a água de coco?

Dino: Como cadê, balança o coco aí?

Dan: Rapaz, respeita a patente! Querendo comprar essa água de coco seco, como se fosse a minha amada águinha de coco! Pede perdão à natureza que ainda dá tempo!

Dino: Ah! Tem de caixinha também, se tu nao quiseres ter o trabalho de partí-lo.

Dan: Água de coco de caxinha? Aí me ofendeste profundamente. Vam’embora antes que baixe o moço do facão aqui em mim!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s