Um barco é um mundo

Aqui num barco atracado no Danúbio

Admiramos tranquilas paisagens

Sem pensar no peso que se carrega no subúrdio

Nem na leveza dos corpos nas margens


Quantas vidas entram em barcos e nao mais saem?

Quantas pessoas esperançosas um barco traz?

Quantas outras durante a viagem caem

Pra nos lembrar o quanto a vida é fugaz?

 

Um barco protagonizando naufrágio

Nos lembra que a migração é tenaz

Nos lembra como a vida é frágil

E de quanta desumanização se é capaz


Um barco é um mundo no vasto mundo mar

Carregando um mundo que busca um outro

Certos mundos são indesejáveis noutros

Para aqueles, o mais profundo mar

 

Alguém adentra num barco

E deseja que em águas calmas, ele veleje em paz

Em águas turbulentas, encontre logo um cais

E o mundo afunda

 

Text: Danielli Cavalcanti
Foto: Mike Wilson
Anúncios

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s