Pelo jardim

 

Eu sou a Borboleta

batendo as asas, balanço o planeta

 

Na noite passada, sonhei estar num barco azul

Que no mar da saudade velejava pra o Sul

 

O oceano Atlântico eu estava atravessando

Aves pelo caminho eu encontrei em bando

 

Quando do outro lado, eu já estava

Um beija-flor me saudou da jangada

 

De repente, um bem-te-vi passou por mim

E me convidou para ir à Berlim

 

De lá, seguir para Pequim

E tomar um chá de jasmim

 

Aí voar para Bombaim

Na volta, passar por Angelim

Xexéu, Xique-Xique e Xaxim

 

Onde estou? perguntei ao percevejo

Ele disse sorrindo: no jardim do desejo

 

Que mundo lindo e vasto

Com tanta praia, montanha e pasto

Quem precisa de bandeira no mastro?

 

Daqui quero ir a Belo Jardim

Boa Vista, Benfica e, quem sabe, Bomfim!

 

 

 

Texto: Danielli Cavalcanti

Foto: Ray Hennessy

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s