Você não fala português com sua filha ou filho? Primeiramente, fora, culpa!

Recebi duas mensagens privadas de mães me parabenizando pelo poema que fiz para minha filha sobre falar em português (leia-o aqui). Fiquei feliz! Elas ressaltaram também suas frustações em não terem conseguido a mesma proeza. Fiquei triste! Falei no fim de semana com uma amiga sobre adaptação escolar e discriminação. Fiquei triste e pensativa!

Então, para as mães que não falam em português com suas crianças, quero dizer:

Primeiramente, fora culpa!

Não se culpe por não ter ensinado português através da convivência!

Conheço mães que sofreram discriminação no ônibus, no jardim de infância, na escola e por parte de familiares, e, infelizmente, optaram por só falar o idioma do país residente com suas filhas e filhos.

A estratégia utilizada por essas mães foi silenciar o português. Saber disso me entristece. Como bem disse Audre Lorde, o nosso silêncio não nos protege!

Eu entendo o medo que algumas mães têm e, por isto, tentam deixar suas crianças o mais integradas, naturalizadas, nativas possível. Isto inclui também só falar com elas no idioma do país residente. Mas infelizmente, não é deixando de confrontar a discriminação que ela diminuirá. Pelo contrário, ela se fortalece ao ponto de se tornar normalidade.

A realidade não nos deixa exagerar! Quem não conhece alguém que solte a pérola “agora tudo é racismo”? Na verdade, sempre o foi. Só que agora não é mais tolerado como antes. Tempos de transição, de desconstrução, de reflexão. Tempos de ouvir as vozes outrora silenciadas.

Falando em português você estará repassando uma mensagem positiva de suas origens, incentivando a diversidade, contemplando outras culturas, fortalecendo a sua autoestima e de sua filha e filho também.

Não temos o poder de evitar que nossas filhas e filhos sofram discriminação. Mas a forma como reagirão a isto pode ser, provavelmente, influenciada por nós. Aceitar-se, amar-se é um passo muitíssimo importante!

Não se envergonhe de não ter ensinado antes. Apenas comece! O bilinguismo e trilinguismo não eram assuntos tão discutidos há 15 anos. Se eu estiver errada, faça a gentileza de me corrigir. Obrigada.

Portanto, mamães, a hora é essa!

Proporcionem sim às suas filhas e filhos a possibilidade de aprender português em quaisquer idades. Seja através de um curso, de uma temporada mais longa no Brasil, radicalizando em casa e só falando em português ou começando mais devagar no seu ritmo!

Apenas, dêem a elas essa oportunidade. Cultura é para a vida toda.

12 comments

  1. Tenho dois filhos um menino e uma menina onde os dois foram educados aqui no Japao mais nao tive problemas em falar a lingua portuguesa pois os dois foram desde de um ano para a creche japonesa entao eles comecaram aprende o nihongo desde pequeno ai em casa eles comecaram a querer so falar nihongo , ai eu falava assim : mamae nao entende nihongo ainda vcs tem que falar em portugues com a mamae em casa e na escolinha vcs falam em japones e assim foi eu tambem fui me esforcando e aprendendo um pouco a ligua . Hoje meu filho fala nihongo portugues e ingles . Minha filha ainda cursando tygako fala bem nihongo portugues e ta aprendo o ingles e possivel sim aprender crianca e rapido .

    Gostar

    • Oi Elaine,
      eu também uso desses meios afetivos de argumentacao, por exemplo: como tu vais falar com a vovó, se ela só fala português? 😉
      Vamos tracando nossas estratégias devagar e sempre! Obrigada por ter comentado também. Abraco e um ótimo domingo pra vocês aí!

      Gostar

  2. Pra mim nao existe desculpa para nao falar em portugues com o filho (s). Meu unico filho nasceu na California e desde o primeiro momento que o vi nunca mais deixei de falar portugues com ele. Nos primeiros dois anos eu meio que falava sozinha, mas depois disso ele falou comigo demonstrando que havia escutado, gravado e entendido TUDO que eu falei antes. Perto de outras criancas ele sempre foi diferente por nao falar ingles. Nao me preocupei e segui e somente aos 7 anos ele se deu conta de que sim eu falava ingles, tentou falar comigo na lingua daqui, mas nao permiti e seguimos falando nosso bom portugues onde quer que fossemos. A desculpa de que existe preconceito se vc falar outra lingua for a de casa pode ate existir, mas isso nao significa nada, afinal qualquer mae ou pai brasileiros pode falar dentro de casa com o filho, expor a crianca a filmes, livros, musica em portugues. Nao existe regra, mas sim empenho de quem quer ensinar. Eu me empenhei 100% e hoje meu menino de quase 12 anos fala, escreve e le em portugues, alem do ingles, espanhol e alemao. Problemas? Nenum, apenas orgulho de que mesmo que nunca meu filho va viver no Brasil, ele sempre tera a mim por perto com tudo que lhe ensinei… Detalhe, eu sou a UNICA pessoa que ele fala portugues em minha casa e for a dela ja que o pai dele eh argentine/Americano e eu nao tenho familia vivendo nos Estados Unidos. A minha cultura certamente vai sobreviver no meu filho. Amem.

    Liked by 1 person

    • Olá Josi,
      obrigada por comentar!
      Que bom que seu filho também fala português! Parabéns! 🙂
      Sobre morar no Brasil, a gente nunca sabe, né? Vai-se saber, se no futuro ele nao quererá morar lá. 😉
      Por enquanto, vamos fazendo a nossa parte! Bj.

      Gostar

      • Moro no Japão e quando me casei, disse para minha esposa, que não é brasileira, você pode falar na língua que quizer com nosso filho dentro de casa, menos o japonês. Hoje, tanto ele como ela falam muito bem em português. Apesar de não terem fluência por não terem frequentado uma escola brasileira, hoje são gratos por eu ter sido um pouco rígido na educação. Com o português, minha esposa acabou falando quatro línguas e seria um desperdício meu filho falar apenas uma. Hoje meu filho além do japonês e do português, ele é fluente em inglês.

        Gostar

    • Com 7 anos ele se deu conta que vc falava inglês? Really!?
      Se seu marido eh americano, que língua vc fala em casa e com as amigas?
      Por mais que eu fale português com meu filho (ele foi para creche com 9 meses período integral e agora com 4 anos na escola), meu filho não fala português. Sei que ele entende tudo mas não gosta de falar. Às vezes ele diz uma frase e diz que só fala pra me ver feliz.
      Eu sempre falo com meu marido e maioria das minhas amigas só em inglês.

      Gostar

  3. Gostei muito deste texto. Penso que é muito bom os filhos aprendem português e poderem falar com a família que está no Brasil. A língua portuguesa ajuda os nossos filhos aprenderem mais rápido o italiano, espanhol e outras línguas latinas. Gostaria eu qd crianca ter tido a oportunidade de ter aprendido outra língua.

    Gostar

Deixe uma Resposta para Eu falo português – Jardim migrante Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s