Como surgiu a Sopa de Sapo? ūüíö

A hist√≥ria da Sopa de Sapo foi, primeiramente, escrita em alem√£o, como uma pe√ßa de teatro infantil para a oficina de escrita do Teatro Municipal de Linz, na √Āustria. A pe√ßa intitulada Das Gericht, que significa em alem√£o tanto ‚Äúo prato‚ÄĚ como ‚Äúa corte/o tribunal‚ÄĚ.

 

Das Gericht - Präsentation an dem Landestheater Linz 2014

Esse rapaz, à vossa esquerda, foi o ator do teatro municipal de Linz, que leu o diálogo de Sapo Sapeka (o menino, digo, o sapo ficou todo pomposo, queria até tirar selfie com o ator)

 

Das Gericht - Präsentation an dem Landestheater Linz 2014 2

Leitura de di√°logos da Sopa de Sapo (Das Gericht) durante a apresenta√ß√£o da oficina de escrita do Teatro Municipal de Linz, na √Āustria, em 2014

 

Pensei em colocar o t√≠tulo, em portugu√™s, ‚ÄúCorte‚ÄĚ, para abranger tanto a corte quanto o corte, j√° que √© uma hist√≥ria tamb√©m de julgamento e reflex√£o. Mas como a pron√ļncia √© diferente, apesar de a escrita ser igual, achei melhor deix√°-la como Sopa de Sapo mesmo.

Este nome também já nos era familiar, pois sempre que eu fazia sopa em casa, eu contava um pouco dessa história, em português, para a minha filha. Mas na época, ela era contada apenas com uma conotação de alimentação saudável.

Quando a escrevi em alem√£o, ela tomou outra propor√ß√£o, abrangendo¬† fatores da minha viv√™ncia como migrante, como: o medo da despedida, a exclus√£o social, a import√Ęncia do acolhimento e das amizades, o julgamento da m√≠dia de massa e o peso disso nas rela√ß√Ķes sociais. Claro que eu poderia ter abordado tais temas, enquanto contava a hist√≥ria para minha filha,¬† mas n√£o foi bem assim, primeiramente, que aconteceu. De toda forma, a hist√≥ria da Sopa de Sapo √© sobre alimenta√ß√£o, tanto para o corpo como para a alma.

 

P1040049

Ap√≥s a apresenta√ß√£o, sapo Froschi descansou na bolsinha, Borboleta ficou na minha m√£o e Sapo Sapeka, nessa altura do campeonato, s√≥ Deus sabia do seu paradeiro…

 

 

Mais sobre a Sopa de Sapo, nesse vídeo resenha do Diário de Aurora.

Resenha feita por crianças do Projeto O Periscópio.

A Sopa de Sapo também está na versão leiturinha, para as crianças que estão começando a se aventurar nesse mundo mágico da leitura. Há em português, alemão e dinamarquês.

Há ainda uma reportagem da coluna de Vanessa Ratton sobre Língua de Herança, onde o Sapo Sapeka todo metido marcou presença.

 

Para adquirí-lo, por gentileza, contacte-me por email (endereco todo junto e sem os parênteses): livro sopa de sapo (@) gmail (.) com

 

Sauda√ß√Ķes verdinhas e at√© mais ler, ūüíö

Danielli

P.S.: A sinopse da Sopa de Sapo:

Froschi, o melhor amigo do sapo Sapeka, de repente, desaparece, evapora, escafede-se, toma chá de sumiço!
Ninguém tem a menor ideia de onde ele esteja.
Sapo Sapeka com a ajuda de sua amiga, Borboleta, tentar√° descobrir o paradeiro do seu amigo.
Durante essa procura, Sapeka passa por uma casa, onde as pessoas e bichos estão tomando uma sopa verde. Ele tem uma forte suspeita que seu amigo tenha virado sopa! Então, Sapeka usa todos os meios para confirmar essa tragédia culinária.
Nas palavras dele: o mundo sapístico corre perigo e temos que salvá-lo! Eis que a aventura apetitosa está posta!
Mas o que ser√° que est√° sendo servido assim de bandeja? Ser√° que pela cor da sopa sabemos quais s√£o seus ingredientes?

 

An√ļncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Est√° a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sess√£o /  Alterar )

Google photo

Est√° a comentar usando a sua conta Google Terminar Sess√£o /  Alterar )

Imagem do Twitter

Est√° a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sess√£o /  Alterar )

Facebook photo

Est√° a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sess√£o /  Alterar )

Connecting to %s