Vídeos e vidas

Dia 15 último uma jovem italiana tirou sua vida, por não suportar a hipocrisia, o sexismo e a misoginia daqueles que divulgaram e compartilharam um vídeo íntimo seu.

Duas outras jovens brasileiras também tiveram seus vídeos íntimos divulgados. E, nesta avalanche de sentimentos e julgamentos, infelizmente, também findaram suas vidas!

Eram cheias de vida.

Mas às vezes, quando a dor alcança a alma, até respirar é um fardo.
Essa cruel realidade me dissolve. Não sei como podemos evitar o suicídio.

Acredito que se importar com as outras pessoas a nossa volta, prestar atenção ao que se ouve e ao que se lê, ser gentil ao falar e não julgar, são formas de ao menos não provocar mais sofrimento.
Se não formos luz na vida de alguém, que não sejamos escuridão.

Espero que esses assassinos sejam punidos. Que quem compartilhou ou assistiu esteja com a consciência pesada de ser cúmplice de uma barbaridade que culminou na morte dessas jovens.

Quisera eu que fossem as últimas.

Vamos parar com essa idiotice de julgar, maltratar, prejudicar as pessoas!

Essas jovens pagaram com suas vidas o preço da hipócrisia de um mundo que faz sexo ou gostaria de fazer, exceto raríssima exceção!

Li sobre estarem erradas em fazer tais vídeos.

Elas não estavam erradas em fazer vídeos. Não estavam prejudicando ninguém, estavam sendo felizes com suas escolhas. E isto é por demais perturbador para quem não é feliz com as suas.

Esse pensamento de “se não quiser ser exposta, não faça vídeos ou tire fotos” combina com “se não quiser ser estuprada, não ande sozinha à noite por uma rua esquisita”. Isto é criminalizar a vítima e só fortalece o criminoso no seu ato covarde.

Diariamente, escrevemos e-mails, telefonamos, passamos SMS com mensagens que interessam apenas às partes envolvidas.

Todo dia, o mundo todo faz isso!

Abrir cartas alheias é crime. Por que havería-se de compartilhar fotos ou vídeos íntimos sem autorização?

Façamos a nossa parte: não compartilhemos o que não gostaríamos que compartilhassem de nossas filhas e filhos, e de nossas mães e pais.

Simples assim!

Foto: Jairo Alzate
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s