Castelos de areia

Se chove na praia, o mar fica afoito, comendo areia

Ninguém quer ficar por lá

Ninguém vende picolé, ninguém aluga cadeira

 

 

Se o sol aparece, mesmo brincando de se esconder

A diversão está garantida

Também o dia trabalho de quem não tem nada a temer

 

 

Se você na praia faz castelo, cama e buraco

Não se esqueça de desfazê-los depois

há para quem a praia seja local de trabalho

 

 

Imagina, o perigo que é

uma casca de banana no chão de um escritório

Alguém pode escorregar, se machucar

processar a empresa, mas que vexatório

 

 

Imagina, o perigo que é

um buraco na areia

Alguém ganhando a vida por lá

Poderá torcer o pé, pé esse sem meia

 

 

As contas dela poderão se atrasar

A comida talvez até faltará

E você preocupada em deixar castelo pra sereia?

 

 

Danielli Cavalcanti

 

Photo by Jakob Owens on Unsplash
Anúncios

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s