Resenhas dos meus livros na Catarses & Metáforas

Muito obrigada, Aldirene, pelas resenhas no seu blog Catarses & Metáforas!

Fiquei feliz com a leitura sensível dos meus livrinhos e com a entrevista também :).

Bj. ❤

Danielli

 

Migração

É sempre outono na migração nos apresenta os desafios da migração. Através de metáforas, encontramos saudade; dor; medo; coragem; superação e esperança. De leitura rápida, porém profunda, analítica – reflexiva, nos mostra que “mesmo sendo sempre outono na migração”, podemos (e devemos!) esperar a primavera.

“o barulho do vento em quaisquer estações não é mais ameaçador, senão motivador”.
Danielli Cavalcanti nos mostra a realidade que se vive um migrante. Residente na Europa há exatos 15 anos, onde casou e constituiu família, às vezes ainda é questionada de onde veio, sendo que já está em casa.
A busca por uma melhor qualidade de vida (digna e direito de qualquer ser humano), a necessidade de se aprender o novo idioma sem perder a essência da própria língua, as lembranças que os pais deixam aos filhos, quando a travessia do mar não dá muito certo.
A mãe que sufoca o grito, ao ver seu bebê se afogar e não poder socorrer, seres humanos tratados como mercadoria. Essas são algumas das realidades que podemos encontrar em seus poemas.

Amizade, saudosismo e esperança foram os sentimentos que predominaram no coração da autora, ao escrever este livro “Quando eu outono, tu primaveras”, cuja temática central é a migração.

O título nos remete à ideia de que a amizade tem o poder de nos fazer florescer, quando atravessamos nossos outonos. Para quem migra e sente saudade dos seus, encontrar “essa ponte” é essencial.
Há muitos desafios a se viver. Há muito o que se aprender. Há muito a se dizer! Só quem vive em outro país, longe dos seus é que sabe.
Empatia, solidariedade e afeto, sim, é possível encontrar. Há histórias a serem compartilhadas. Há superação.
“Que saudade de não sentir frio!”. “Ponte é reticência, muro é ponto final.” Há nessas duas singelas frases a certeza de que embora haja um clima mais frio na Europa, tão diferente do Brasil, é possível encontrar corações aquecidos e cheios de inspiração para um delicioso abraço após um convite para tomar um café.
“Diante da tempestade, trovoada, furacão
Cubra-se de pessoas que acreditam em primavera
Elas verão.”A quem planeja migrar para qualquer lugar do mundo, recomendo as leituras pois nos fazem repensar nossos valores e refletir quão preciosa é a vida!

Parabéns, Danielli!

Aldirene Máximo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s